Prefeitura e CMPS abrem o ‘Novembro Azul’ no município

A Prefeitura Municipal de Porto Seguro realizou na manhã desta sexta-feira (9/11) a quinta edição da campanha ‘Novembro Azul’, em combate ao câncer de próstata e diabetes mellitus com a apresentação de palestras, shows culturais de dança e música, homenagens e depoimento de cura por usuário do Sistema Único de Saúde – SUS,  no município.

A campanha tem o objetivo de sensibilizar a sociedade local, especialmente a população masculina e os usuários portadores de diabetes mellitus sobre a importância de adesão às ações de prevenção e de promoção à saúde de forma a garantir o cuidado integral e continuado, visando a melhoria da qualidade de vida da população.

Entre os membros da  Mesa de Honra estavam a prefeita Cláudia Oliveira (PSD); o presidente da CMPS, Evaí Fonseca (PHS); o secretário de Saúde,  Kerrys Ruas; a diretora do Tratamento Fora do Domicílio – TFD, Shirley Rocha; o médico urologista, Dr. Bernardo Lima; o Diretor do Programa de Doença Crônica, Marcio Silva e a diretora do Programa de Saúde do Homem, Thaís Couto.

No início do evento, o secretário de Saúde ressaltou a importância da prevenção do câncer de próstata e frisou que o mês de novembro é dedicado à saúde do homem com a intensificação de ofertas de exames e atendimentos em horários diferenciados para atender a população masculina. Segundo Kerrys Ruas, o câncer de próstata é a quarta causa de morte no País.

Na sequência, o presidente da CMPS cumprimentou a prefeita, demais membros da Mesa e a população presente e parabenizou o secretário de Saúde e a sua equipe pelo trabalho que vem desenvolvendo em Porto Seguro e também à ex-secretária de Saúde Edna Alves. Evaí destacou a importância da conscientização masculina sobre a prevenção do câncer de próstata. “Infelizmente a resistência do homem ainda é grande para realizar o exame”,  disse.

O presidente da CMPS também falou sobre a importância do trabalho dos agentes de saúde na conscientização da população e destacou que “a Câmara Municipal também tem o dever de abraçar a causa”. “Nós concedemos o título de Cidadão Porto-Segurense ao médico mastologista Dr. Hugo Cedro no evento de abertura do ‘Outubro Rosa’, pelo trabalho realizado com população feminina. Em 2019, o título será concedido para o urologista Dr. Bernardo Lima”, disse o presidente.

Em seguida, a prefeita destacou que o município é referência nacional em relação à saúde. “Tenho muito orgulho dessa equipe de saúde. Estamos juntos para fazer de Porto Seguro um lugar pra viver e ser feliz”, disse.

No final do evento, vários homens foram homenageados, como o secretário municipal  de Comunicação César Aguiar e o Sr. Marcos Antônio dos Santos, que contou a sua experiência de tratamento e cura do câncer de próstata através do SUS.

Origem do movimento Novembro Azul

O movimento surgiu como forma de chamar a atenção das pessoas para a saúde masculina. Em 2000, na Austrália, um grupo de amigos decidiu deixar o bigode crescer durante todo o mês de novembro. Essa ação ficou conhecida como Movember –, junção das palavras em inglês moustache (bigode) e november  (novembro).

A ação ganhou repercussão e foi  adotada em diversos países. No Brasil, ela chegou em 2012, por meio do Instituto Lado a Lado pela Vida em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia.

O nome novembro azul é uma referência à ação outubro rosa, que busca conscientizar as mulheres sobre o câncer de mama.

Ações em todo o país

As ações crescem a cada ano pelo país afora com atividades relacionadas ao novembro azul: iluminação de pontos turísticos, palestras informativas, intervenções urbanas e distribuição de material informativo.

Foco no diagnóstico precoce

Quando a doença é diagnosticada e tratada no início, os riscos de mortalidade são reduzidos. Homens a partir de 50 anos devem realizar o exame de toque anualmente — ou antes, caso tenham histórico de câncer na família.

Novembro Azul  

Imprimir   Email